Carl Barks Perdido no Espaço

"Come in, Earth Control! This is the Robinsons. A cosmic explosion has damaged our control system and we´re moving deeper into space!"

23.05.2024
487 VISITAS
Post original em: 23/05/2024
Perdidos no Espaço (criação do genial produtor Irwin Allen) foi uma das mais aclamadas séries de ficção científica dos anos 60 e fez muito sucesso por décadas, veiculando 3 temporadas entre os anos de 1965 e 1968. Mas, como muita produção bem sucedida daquela época, essa também tem um pé no mundo dos comic books.
5%
off

Oferta Exclusiva Para Compra deste Produto   CLIQUE AQUI E PEÇA ESTE PRESENTE!   ATENDIMENTO VIA WHATSAPP

CLIQUE PARA AMPLIAR OU REDUZIR

Space Family Robinson

  • DE R$ 1200,00
    POR APENAS: R$ 1140
    ( + FRETE )


Antes do desenvolvimento da série de televisão, uma revista em quadrinhos chamada Space Family Robinson foi editada pela Gold Key Comics, com roteiros de por Gaylord Du Bois e desenhos de Dan Spiegle. A série de quadrinhos foi baseada em um romance de 1812 de Johann David Wyss, The Swiss Family Robinson. O título posteriormente incorporou o subtítulo Perdidos no Espaço. Os comics apresentavam personagens diferentes da série de tv e uma espaçonave em forma de H, em vez do tradicional formato de disco.
E se formos um pouco mais fundo nessa história vamos encontrar rumores de que o grande artista da Disney, Carl Barks, teria sido o primeiro a pensar nesta família Robinson espacial. Segundo o especialista em comics norte-americano, Donald Markstein, a série abordando perdidos no espaço em quadrinhos seria ideia de Barks. Especula-se que Barks realmente queria trabalhar num projeto para uma possível Swiss Family Robinson espacial em quadrinhos para seu editor Chase Craig por volta de 1960, o que não aconteceu. De fato, a revista Space Family Robinson foi originada por pessoas que não sabiam das ideias de Barks e perdurou por mais tempo do que o seriado de tv.

FOTO: REPRODUÇÃO

DESTAQUES QUE PODEM INTERESSAR...

Ela era uma lenda da selva... obscura, indescritível, adorável...
Ela era uma lenda da selva... obscura, indescritível, 

adorável...  
O Exterminador do Futuro voltou depois de 30 anos
O Exterminador do Futuro voltou depois de 30 anos  
Mauricio de Sousa Produções homenageia Lorrane Olivlet
Mauricio de Sousa Produções homenageia Lorrane Olivlet