Clarice Lispector para iniciantes - "O Tempo" e "As Palavras"

Coletâneas indicadas tanto a quem está tendo um primeiro contato com Clarice quanto para aqueles leitores-especialistas

Coletâneas indicadas tanto a quem está tendo um primeiro contato com Clarice quanto para aqueles leitores-especialistas

18.09.2018
127 VISITAS
"O Tempo" e "As Palavras" são indicados tanto a quem está tendo um primeiro contato com Clarice quanto para aqueles leitores-especialistas, que irão recordar passagens repletas de sabedoria verbal, plástica, afetiva, filosófica, poética e artística.
5 %
off

Oferta Exclusiva Para Compra deste Produto   CLIQUE AQUI E PEÇA ESTE PRESENTE!   ATENDIMENTO VIA WHATSAPP

CLIQUE PARA AMPLIAR OU REDUZIR

Livro Literatura Brasileira - O Tempo / As Palavras

  • R$ 84,90
    Clique abaixo para mais dados do produto...


Os livros da aclamada autora Clarice Lispector reúnem fragmentos, frases, enunciados, sensações e pensamentos. Com curadoria de Roberto Corrêa dos Santos mergulhar em “As palavras” é quase presenciar uma declaração dupla de amor. Já em “O tempo” enxerga-se suas aparições através de material escolhido cuidadosamente em Minhas Queridas, Cartas perto do coração/Fernando Sabino, Clarice Lispector, Laços de família, Felicidade clandestina, O Lustre, A cidade sitiada e A maçã no escuro.
Da Wikipedia: Clarice Lispector (Chechelnyk, 10 de dezembro de 1920 — Rio de Janeiro, 9 de dezembro de 1977) foi uma escritora e jornalista nascida na Ucrânia e naturalizada brasileira — e declarava, quanto a sua brasilidade, ser pernambucana —, autora de romances, contos e ensaios, sendo considerada uma das escritoras brasileiras mais importantes do século XX e a maior escritora judia desde Franz Kafka. Sua obra está repleta de cenas cotidianas simples e tramas psicológicas, sendo considerada uma de suas principais características a epifania de personagens comuns em momentos do cotidiano. Nasceu em uma família judaica da Rússia que perdeu suas rendas com a Guerra Civil Russa e se viu obrigada a emigrar em decorrência da perseguição a judeus que estava sendo pregada então, resultando em diversos extermínios em massa. Clarice chegou ao Brasil , ainda pequena, em 1922, com seus pais e duas irmãs. A escritora dizia não ter nenhuma ligação com a Ucrânia - "Naquela terra eu literalmente nunca pisei: fui carregada de colo" - e que sua verdadeira pátria era o Brasil.


FOTO: Estátua da escritora e seu cão Ulisses, no Leme, inaugurada em 2016 (Fernando Frazão/Agência Brasil)http://agenciabrasil.ebc.com.br/cultura/foto/2016-05/escritora-clarisse-lispector-ganha-estatua-no-leme

DESTAQUES QUE PODEM INTERESSAR...

Subterrâneos do Horror - Quadrinhos e delinquência juvenil
Subterrâneos do Horror - Quadrinhos e delinquência juvenil  
Fotografias coloridas à mão nos levam aos mundos da fantasia erótica
Fotografias coloridas à mão nos levam aos mundos da fantasia erótica  
Turnê Serenata marca volta ao passado de Oswaldo Montenegro
Turnê Serenata marca volta ao passado de Oswaldo Montenegro