Restauração de O Poderoso Chefão da Paramount foi supervisionada pelo próprio Coppola

Décadas após ganharem o Oscar® de Melhor Filme, os clássicos filmes do diretor Francis Ford Coppola,  voltam ao público

Décadas após ganharem o Oscar® de Melhor Filme, os clássicos filmes do diretor Francis Ford Coppola, voltam ao público

18.09.2018
168 VISITAS
Os filmes voltam como foram originalmente idealizados, graças a uma meticulosa restauração da Paramount Pictures, supervisionada pelo próprio Coppola. Os dois filmes totalmente restaurados já estão em DVD e Blu-Ray, junto com uma nova remasterização de O Poderoso Chefão Parte III, na coleção O Poderoso Chefão: The Coppola Restoration.
5 %
off

Oferta Exclusiva Para Compra deste Produto   CLIQUE AQUI E PEÇA ESTE PRESENTE!   ATENDIMENTO VIA WHATSAPP

CLIQUE PARA AMPLIAR OU REDUZIR

coleção O Poderoso Chefão: The Coppola Restoration - Box 3 Dvds

  • R$ 64,90
    Clique abaixo para mais dados do produto...



Indiscutivelmente é uma das obras-primas do cinema americano. Marcou a carreira de Marlon Brando no papel principal do filme. Baseado no best-seller de Mario Puzo, O Poderoso Chefão é um verdadeiro fenômeno cultural que ultrapassou US$ 100 milhões de arrecadação, contando a história da família Corleone. Don Vito Corleone é o líder de uma família mafiosa de Nova York. Problemas surgem quando um gângster apoiado por outra família da Máfia, Sollozzo, anuncia suas intenções de começar a vender drogas em toda Nova York. Don Vito odeia drogas. A rivalidade entre os dois nasce dessa discordância. a ponto de Sollozzo tramar o assassinato de Don Vito, mas o tiro sai pela culatra e Don Vito não morre. O fantástico elenco tem Al Pacino encarnando o filho de Don Vito, Michael Corleone. James Caan é Sonny Corleone, Robert Duvall é Tom Hagen, John Cazale interpreta Fredo Corleone, Talia Shire (irmã de Coppola) é Conni Corleone e Diane Keaton vive Kay Adams. O Poderoso Chefão recebeu três estatuetas do Oscar, nas categorias de Melhor Filme, Ator (Marlon Brando) e Roteiro Adaptado, por Mario Puzo e Francis Ford Coppola. Foram 11 indicações, incluindo Ator Coadjuvante para Al Pacino, James Caan e Robert Duvall. Marlon Brando recusou o Oscar e não compareceu à cerimônia por achar que os Estados Unidos, especificamente Hollywood, discriminaram os povos indígenas.
O Poderoso Chefão Parte I e O Poderoso Chefão Parte II foram submetidos a um extenso exame quadro-a-quadro e restauração, utilizando tecnologia digital de ponta, neste esforço histórico que necessitou mais de um ano para ser concluído. Os novos extras especiais mostram as complexidades do processo de restauração e contam como o filme quase não passou do modo como conhecemos. A Obra-Prima que Quase não Existiu relata os improváveis eventos, intrigas, lealdade e sorte que juntaram o diretor desconhecido, com um elenco rejeitado; contém entrevistas com a maioria dos participantes ainda vivos e muitos admiradores dos filmes. Outros extras incluem Quando a filmagem parou, e O Mundo do Poderoso Chefão, que falam sobre a influência de O Poderoso Chefão na cultura popular de hoje. Cada filme inclui comentários de Coppola.
O Poderoso Chefão Parte I - The Coppola Restoration Indiscutivelmente é uma das obras-primas do cinema americano. Marcou a carreira de Marlon Brando no papel principal do filme. Baseado no best-seller de Mario Puzo, O Poderoso Chefão é um verdadeiro fenômeno cultural que ultrapassou US$ 100 milhões de arrecadação, contando a história da família Corleone. Don Vito Corleone é o líder de uma família mafiosa de Nova York. Problemas surgem quando um gângster apoiado por outra família da Máfia, Sollozzo, anuncia suas intenções de começar a vender drogas em toda Nova York. Don Vito odeia drogas. A rivalidade entre os dois nasce dessa discordância a ponto de Sollozzo tramar o assassinato de Don Vito, mas o tiro sai pela culatra e Don Vito não morre. O fantástico elenco tem Al Pacino encarnando o filho de Don Vito, Michael Corleone. James Caan é Sonny Corleone, Robert Duvall é Tom Hagen, John Cazale interpreta Fredo Corleone, Talia Shire (irmã de Coppola) é Conni Corleone e Diane Keaton vive Kay Adams. O Poderoso Chefão recebeu três estatuetas do Oscar, nas categorias de Melhor Filme, Ator (Marlon Brando) e Roteiro Adaptado, por Mario Puzo e Francis Ford Coppola. Foram 11 indicações, incluindo Ator Coadjuvante para Al Pacino, James Caan e Robert Duvall.
O Poderoso Chefão Parte II - The Coppola Restoration Continuando a saga da família Corleone, esta parte II de O Poderoso Chefão é considerada a parte abrilhantada, entre outras, pela a atuação de Robert De Niro, interpretando o jovem Vito Corleone, que cresce na Sicília e segue para Nova York no início dos anos 1900. Um contraste com a vida madura do filho Michael (Al Pacino) nos anos 50, que controla a expansão dos negócios da família dentro de Las Vegas, Hollywood e Cuba. O filme conquistou cinco Oscar, nas categorias de Melhor Filme, Direção, Ator Coadjuvante (Robert De Niro), Roteiro Adaptado e Música.
O Poderoso Chefão Parte III - The Coppola Restoration Nesse último filme é retratado o envelhecimento de Don Michel Corleone (Al Pacino), a busca pela legitimação dos interesses da família - com a ajuda do sobrinho Vicente Mancini, interpretado por Andy Garcia - e a tentativa de consolidar uma aliança com o Vaticano. Michael, o atual chefão dos Corleone, está prestes a realizar um negócio que pode limpar seu dinheiro e o nome de seus descendentes. Mas, o destino lhe prepara uma armadilha e o sangue volta a jorrar na família. Esse filme destaca a participação de George Hamilton como o advogado B.J. Harrison e Bridget Fonda na pele da repórter Grace Hamilton. O Poderoso Chefão Parte III recebeu seis indicações para o Oscar (Melhor Diretor, Ator Coadjuvante - Andy Garcia, Canção, Montagem, Direção de Arte e Fotografia).

FOTO: Reprodução dos Dvds

DESTAQUES QUE PODEM INTERESSAR...

Editora Planeta lança novo livro de ficção de Christian Figueiredo
Editora Planeta lança novo livro de ficção de Christian Figueiredo  
Roberto Carlos cantando em italiano, uma raridade made in Italy
Roberto Carlos cantando em italiano, uma raridade made in Italy  
Hollywood Bowl Orchestra - "I´m John Mauceri and this is the Hollywood Bowl Orchestra!"
Hollywood Bowl Orchestra -