Mulheres são a maioria entre jogadores de vídeo game

Pesquisa mostra que games não são coisa de criança, pois maioria possuem idade superior a 25 e são mulheres

Pesquisa mostra que games não são coisa de criança, pois maioria possuem idade superior a 25 e são mulheres

17.05.2019
1486 VISITAS
Post original em: 15.05.2018
A Pesquisa Game Brasil 2018 buscou traçar o perfil geral do jogador brasileiro de jogos eletrônicos e revelou que 75,5% dos brasileiros jogam jogos eletrônicos, independente da plataforma. “Mais uma vez chamamos atenção para as mulheres como praticantes de jogos. Elas são a maioria entre os jogadores (58,9%), isso acontece pelo terceiro ano consecutivo. As mulheres representam a maioria da população brasileira, e isso também se reflete ao falarmos de jogos”, afirma Lucas Pestalozzi, presidente da Blend New Research.
Dentre os jogadores, a maioria tem entre 25 a 34 anos de idade (35,2%), seguido por quem tem entre 35 a 54 anos (32,7%). Ao olharmos as idades entre 25 e 54 anos temos 67,9% do público que afirma jogar. “Os jogadores hoje são decisores de compras, votam, formam família, etc. A publicidade e marcas necessitam de dados e insights relevantes que ajudem na comunicação com este público.”, afirma Guilherme Camargo, CEO do Sioux Group.
Há diversos locais onde o consumidor joga, quando estão em casa, por exemplo, os jogadores brasileiros costumam jogar no smartphone (62,0%), no console (37,5%), no computador (31,5%). Com a mobilidade dos smartphones, 63,3% dos entrevistados afirmam jogar “enquanto espera”.
Conforme anos anteriores, a pesquisa abordou a relação dos pais e filhos em relação aos jogos. 72,5% dos pais entrevistados, afirmam jogar com seus filhos. Nota-se que os pais percebem que o jogo digital está bastante presente nos hábitos de entretenimento de seus filhos, com 82,5% deles declarando que seus filhos jogam algum tipo de plataforma de jogos eletrônicos.
Comer e beber durante as partidas é prática comum. A cada 10 jogadores, 8 costumam consumir snacks e bebidas enquanto jogam.
Poderíamos imaginar que a vida do jogador é repleta de refrigerante, mas o vencedor entre os jogadores é o suco, sendo o alimento mais consumido entre eles durante as jogatinas, com 43,9% da preferência entre os jogadores. Em seguida, aparecem os salgadinhos/snacks com 40,8%, refrigerantes vêm em terceiro lugar com 39,9%, chocolate e doces seguem com 38,8% e, em quinto lugar de preferência, está a pizza, com 25,8%.
Ainda que não seja uma “finger food”, algo fácil de se comer com as mãos, a pizza aparece com grande relevância no consumo durante as partidas. 20,8% dos jogadores afirmaram beber cerveja durante as partidas. A bebida é a escolhida pelos jogadores entre 25 a 34 anos.
A Pesquisa Game Brasil está em sua 5ª edição, trazendo o cenário atual do mercado de games com diversas abordagens dos hábitos de consumo nas principais plataformas de jogos. A pesquisa evoluiu e conta com uma versão gratuita, com os resultados principais, e uma versão premium, com análises cruzadas e aprofundadas para a geração de insights. Realizada pelo Sioux Group, Blend New Research, ESPM através do Gamelab e Go Gamers.
Designed by Freepik



Designed by Freepik

DESTAQUES QUE PODEM INTERESSAR...

Transformers, entre as 60 maiores bilheterias do cinema
Transformers, entre as 60 maiores bilheterias do cinema  
Turma da Mônica homenageia Janeth Arcain
Turma da Mônica homenageia Janeth Arcain  
O que acontece quando pessoas comuns recebem dons extraordinários?
O que acontece quando pessoas comuns recebem dons extraordinários?