Como desenhista fez sucesso com um gambá

Pogo, o simpático Gambá, que fez sucesso em quadrinhos e tiras de jornais durante 30 anos está de volta, aqui no Cultural Pop

Pogo, o simpático Gambá, que fez sucesso em quadrinhos e tiras de jornais durante 30 anos está de volta, aqui no Cultural Pop

05.10.2018
253 VISITAS
Post original em: 14.06.2018
Pogo foi um personagem criado pelo artista Walt Kelly, artista que iniciou sua carreira nos estúdios Disney nos anos 30, constribuindo para clássicos como Pinocchio, Fantasia e Dumbo.
Walt X Walt
No início dos anos 40, a Walt Disney parecia não atender aos anseios de Walt Kelly, que além de muito criativo, também era bastante politizado na sua conduta e em alguns de seus desenhos, além do que, ganhava apenas 100 dólares por semana.
Assim, procurou uma outra editora, a Dell Comics, que lhe deu carta branca para criar seu grande sucesso: o gambá Pogo, trazendo uma sátira sócio-política por intermédio das aventuras dos animais engraçados das tiras. Todavia a Dell Comics se tornou mais conhecida por publicar material licenciado, sendo os mais notáveis os personagens de desenhos animados da Walt Disney Productions, Warner Bros., Metro-Goldwyn-Mayer e Walter Lantz Studio além de muitas adaptações e séries derivadas de filmes e programas de televisão tais como Zorro, Tarzan, Howdy Doody, Zé Colméia e outros da Hanna-Barbera. Os escritores/ilustradores Walt Kelly e Carl Barks foram dois dos maiores talentos do ramo, associados à companhia.
"Albert leva o bolo" na revista Animal Comics, da Dell, é a primeira aventura do personagem Pogo, onde seus traços ainda eram bastante animalescos. O desenho evoluíria bastante em pouco tempo, conquistando a simpatia de milhares de fãs. Pogo ganharia fama e longevidade sendo publicado de 1942 a 1973.
A EVOLUÇÃO DA ARTE
Ao longo do tempo, Pogo se transforma
A primeira aparição de Pogo está no estilo Disney, com o gambá Pogo parecendo quase como um rato. Ao longo do tempo, o Pogo se transforma. Ele recebe uma cabeça mais arredondada, olhos maiores e um corpo aerodinâmico. Em 1949, a transformação de Pogo estava quase completa, como vemos em trabalhos posteriores. Kelly removeu as características dos roedores para retratar a natureza gentil e dócil do personagem. Mesmo a cauda de Pogo não tem mais um ponto no final. Em vez disso, a cauda tem uma forma mais arredondada.
Em 1960 Walt Kelly escreveu uma carta a Walt Disney, onde reconhecia o que lá aprendeu:"Apenas para não me esquecer de agradecer a você, eu gostaria que soubesse que a atmosfera que você configurou lá na década de trinta, tinha suas desvantagens, como há em tudo, mas foi uma experiência surpreendente e única e quando eu olho para trás, sei que foi certamente a única educação que recebi e espero fazer jus ao levar algumas de suas esperanças para outras pessoas.

Por: Paulo Franco Rosa


Albert leva o Bolo

Albert leva o Bolo

Albert leva o Bolo

Albert leva o Bolo

Albert leva o Bolo

Albert leva o Bolo

Albert leva o Bolo

Albert leva o Bolo

BREVE A CONTINUAÇÃO...
Envie seu e-mail para ser avisado quando a história for atualizada.


REF.: ANIMAL COMICS. Nova Iorque: Dell Comics, 1942-1948. Bimestral.

DESTAQUES QUE PODEM INTERESSAR...

E tudo começou com um...patinho!
E tudo começou com um...patinho!  
Quem disse que é fácil ser mulher ainda não leu a argentina Maitena
Quem disse que é fácil ser mulher ainda não leu a argentina Maitena  
Raphael Galvez o pintor que não se vendia
Raphael Galvez o pintor que não se vendia