Cantando na Chuva na lista dos 10 + do cinema americano

Como Cantando na Chuva é o primeiro filme musical que aparece na lista da American Film Institute, ele pode ser considerado o melhor deste gênero de todos os tempos

Como Cantando na Chuva é o primeiro filme musical que aparece na lista da American Film Institute, ele pode ser considerado o melhor deste gênero de todos os tempos

02.01.2019
478 VISITAS
Post original em: 10.05.2018
Parte integrante da série de listas lançadas pelo American Film Institute para comemorar os 100 anos do cinema, a lista AFI's 100 Years... 100 Movies - 100 Anos... 100 Filmes - foi apresentada em 1998, reunindo os 100 maiores filmes do cinema americano. Mais de 1500 artistas e membros da indústria cinematográfica foram entrevistados, segundo determinados critérios.
Os 10 primeiros da Lista

01 Cidadão Kane 1941
02 O poderoso chefão 1972
03 Casablanca 1942
04 ...E o vento levou 1939
05 Lawrence da Arábia 1962
06 O mágico de Oz 1939
07 A primeira noite de um homem 1967
08 Sindicato dos ladrões 1954
09 A lista de Schindler 1993
10 Cantando na chuva 1952

Aqui no Brasil já foram lançadas várias versões da obra, mas a edição de 2002, da Warner é memorável: O filme foi restaurado com um novo processo que a própria produtora havia criado - o Ultra Resolution - para conseguir a maior fidelidade possível dos filmes em Technicolor®. Além disso diversos extras foram criados exclusivamente para este pac, como um documentário sobre os 50 anos do filme, reunindo todos os participantes ainda vivos e entrevistas de arquivo. Também trouxe um outro documentário sobre a unidade de musicais do produtor Arthur Freed na Metro-Goldwyn-Mayer. O filme Cantando na Chuva, aproveitou diversas músicas de outros filmes da MGM, que foram compostas pela dupla Arthur Freed e Nacio Herb Brown. Foi uma edição limitada, que trazia dois DVDs, o rótulo dupla face em um estojo duplo acondicionado por uma sofisticada luva envernizada e um gift exclusivo, um fotograma com o ator Gene Kelly na cena principal do filme.
Sinopse
Em 1927, Hollywood está um verdadeiro rebuliço, com a transição do cinema mudo para o falado. Don Lockwood (Gene Kelly) e Lina Lamont (Jean Hagen), o casal mais querido do cinema mudo, prepara-se para rodar um musical. Mas infelizmente Lina não só não sabe cantar, como tem uma voz horrível. A estreante Kathy Selden (Debbie Reynolds) é chamada a emprestar sua voz à estrela. As gravações são uma confusão, mas tudo piora quando Don se apaixona pela doce Kathy. Ao lado de seu inseparável amigo, o compositor Cosmo Brown (Donald O' Connor), ele tenta mostrar ao mundo o talento de Kathy. Dirigido pelo mestre do gênero Stanley Donen (Sete Noivas para Sete Irmãos), em parceria com Gene Kelly, o maior musical de todos os tempos, Cantando na Chuva, com números musicais inesquecíveis, foi eleito um dos dez melhores filmes da história do cinema americano, comemora nesta edição especial 50 anos.



Da Redação

DESTAQUES QUE PODEM INTERESSAR...

O filme que virou quadrinhos que virou filme: Reptisaurus!
O filme que virou quadrinhos que virou filme: Reptisaurus!  
Subterrâneos do Horror - Quadrinhos e delinquência juvenil
Subterrâneos do Horror - Quadrinhos e delinquência juvenil  
Fotografias coloridas à mão nos levam aos mundos da fantasia erótica
Fotografias coloridas à mão nos levam aos mundos da fantasia erótica