Estudiosa analisa os Quadrinhos de Humor no ensino da língua inglesa

Os QHs são um tipo de texto que se caracteriza pelo jogo entre os planos verbal e não verbal conjuntamente, o que rompe com a ideia de texto como um conjunto de palavras organizadas

Os QHs são um tipo de texto que se caracteriza pelo jogo entre os planos verbal e não verbal conjuntamente, o que rompe com a ideia de texto como um conjunto de palavras organizadas

14.05.2019
661 VISITAS
Post original em: 06.06.2018
A obra "Humorless Approach: Análise Discursiva de Quadrinhos de Humor em Livros Didáticos de Inglês como Língua Estrangeira", de autoria de Ilka de Oliveira Mota, docente da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) é resultado da tese de doutoramento da autora. "Apoiada no aparato teórico-metodológico da Análise de Discurso de cunho materialista na interface com os estudos de Freud sobre a comicidade, analiso os modos de abordagem do humor por livros didáticos de Inglês como língua estrangeira, buscando compreender o seu processo de significação, bem como as concepções de ensino e de Língua os atravessam", explica Mota. O livro tem como prefacista Maria José Rodrigues Faria Coracini, docente da Unicamp e orientadora da pesquisa.
Algumas razões motivaram a pesquisadora a escolher o objeto de estudo. A primeira diz respeito ao modo do funcionamento dos quadrinhos de humor (QHs). "Os QHs são um tipo de texto que se caracteriza pelo jogo entre os planos verbal e não verbal conjuntamente, o que rompe com a ideia hegemônica de texto como um conjunto de palavras organizadas", descreve a docente. A segunda razão está relacionada à comicidade e seu modo de funcionamento discursivo. "Enquanto uma prática de linguagem, o campo da comicidade, do qual deriva o chiste, o cômico e o humor, conforme a distinção estabelecida por Freud, se manifesta, em sua maioria, na relação conjunta entre a materialidade linguística e imagética", define ela.
Já em relação à escolha pelos livros didáticos, Mota diz que, na condição de professora de Línguas materna e estrangeira, os livros didáticos enquanto material para as aulas de Línguas sempre foram uma constante em sua prática. "Compreendê-los sempre foi o meu objetivo como professora e usuária desse tipo de material didático", afirma.
O livro é direcionado a pesquisadores da área de Análise de Discurso, a professores de Línguas materna e estrangeiras, especialmente de Língua Inglesa, pedagogos e a estudantes de Letras.



FOTO: Reprodução

DESTAQUES QUE PODEM INTERESSAR...

Spartacus, o escravo que fez sucesso no cinema
Spartacus, o escravo que fez sucesso no cinema  
Edgar Allan Poe, pioneiro do pop
Edgar Allan Poe, pioneiro do pop  
Um livro de receitas simples, para casa!
Um livro de receitas simples, para casa!